«Que teime
este grisalho burgo
com silhueta de alcantis
e torres onde canta o bronze-bronze
em derramar no mundo a febre
da sua gente, e o vigor
da planta que não larga a terra da raiz!
De independência é o seu perfil severo.
Independência os morros de granito.
Cada pedra ferida, cada gesto
- o povo unido é como pedra!»

Francisco da Cunha,
em «Ode ao Porto»

.Últimas Trips

. Resultados...

. INSERRALVES - Indústrias ...

. Maquetes

. Festival Anual Artístico ...

. Entrevista em Serralves

. Resultados...

. Visita à Casa da Música

. Praça Gomes Teixeira- Pra...

. Gastronomia: Papos de Anj...

. Gastronomia: Cabrito assa...

. Gastronomia: Francesinha

. Gastronomia: Arroz de Cab...

. Gastronomia: Caldo Verde

. Parque da Cidade

. Casa da Música

. Fundação de Serralves

. Resultados...

. CCC on the Road em video

. Desafio CCC

. Qualidade de Vida Urbana ...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

Sábado, 19 de Janeiro de 2008

Porto das Pontes: Ponte S.João

Tal como a Ponte da Arrábida, também a Ponte de São João foi da autoria do Eng.º Edgar Cardoso. É uma ponte ferroviária e foi construída para substituir a centenária Ponte Maria Pia.

Ao contrário das outras pontes construídas até à data, a Ponte de São João não é em arco, mas adopta uma solução em pórtico, com três vãos -- dois de 125 m e um de 250 m -- apoiados em dois majestosos pilares fundados no leito do rio. Fazendo jus ao seu nome, a ponte foi inaugurada no dia de São João (24 de Junho) de 1991. O sistema construtivo adoptado para a sua construção foi arrojado e inovador -- cofragem deslizante -- e hoje em dia é um sistema padrão de construção mundial. Sendo então uma peça única, possui também um sistema inovador, que impossibilita que a acontecer um acidente na mesma ponte, por exemplo, as carruagens não se encavalitam umas em cima das outras, mas sim, deslizando pela ponte fora, ora, isto é único no mundo, como fez questão Edgar Cardoso, de sublinhar na altura.

Tal como a Ponte da Arrábida, à data da sua inauguração, também a Ponte de São João com o seu vão central constituiu um recorde mundial neste tipo de pontes, neste caso, para caminho-de-ferro.

 

publicado por Trips à moda do porto às 17:48
link do post | comentar | favorito

.pesquisar