«Que teime
este grisalho burgo
com silhueta de alcantis
e torres onde canta o bronze-bronze
em derramar no mundo a febre
da sua gente, e o vigor
da planta que não larga a terra da raiz!
De independência é o seu perfil severo.
Independência os morros de granito.
Cada pedra ferida, cada gesto
- o povo unido é como pedra!»

Francisco da Cunha,
em «Ode ao Porto»

.Últimas Trips

. Resultados...

. INSERRALVES - Indústrias ...

. Maquetes

. Festival Anual Artístico ...

. Entrevista em Serralves

. Resultados...

. Visita à Casa da Música

. Praça Gomes Teixeira- Pra...

. Gastronomia: Papos de Anj...

. Gastronomia: Cabrito assa...

. Gastronomia: Francesinha

. Gastronomia: Arroz de Cab...

. Gastronomia: Caldo Verde

. Parque da Cidade

. Casa da Música

. Fundação de Serralves

. Resultados...

. CCC on the Road em video

. Desafio CCC

. Qualidade de Vida Urbana ...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

Sexta-feira, 14 de Março de 2008

Parque da Cidade

O maior parque da cidade a nível nacional! 83 hectares de áreas verdes e repleta de diversas espécies de fauna e flora é realmente de espantar.

Este parque foi projectado pelo arquitecto Sidónio Pardal, e foi inaugurado em 1993, mas só em 2002 foi completo com a construção da Frente Marítima

Nele podemos encontrar uma concepção paisagística onde são utilizadas muitas das técnicas tradicionais da construção rural, o que confere ao parque uma expressão naturalista.

 As estadias do parque surgem em locais isolados de contemplação ou de descanso, com contacto directo aos relvados e às áreas arborizadas.
 


Ao vaguearmos pelo Parque é possível observarmos uma vasta diversidade da fauna existente, que ao longo dos anos se tem vindo a crescer, como por exemplo: patos bravos, cisnes, gansos, galinhas de água, peixes, sapos, rãs, coelhos vários repteis, etc.
A flora do Parque é rica e diversificada onde existem 74 espécies arbóreas, 42 espécies arbustivas, 15 espécies de árvores de fruto e 10 espécies aquáticas, num total de várias dezenas de milhares de exemplares.

 

Em 2000, foi seleccionado pela Ordem dos Engenheiros com uma das “100 obras mais notáveis construídas do século XX em Portugal”.


 

 

 

sinto-me:
publicado por Trips à moda do porto às 19:47
link do post | comentar | favorito

.pesquisar